Reflexão do dia 29 de Março

segredos de confiança

Eles não passam de servidores. A eles cabe o privilégio, por vezes ingrato, de realizar as tarefas do Grupo.

OS DOZE PASSOS E AS DOZE TRADIÇÕES PG. 120

Em seu livro "Zorba, o Grego", Nikos Kazantzakis descreve em encontro entre seu personagem principal e um velho ocupado no trabalho de plantar uma árvore: "O que você está fazendo?" Zorba pergunta. O velho responde: "Você pode ver muito bem o que eu estou fazendo, meu filho. Estou plantando uma árvore." "Mas por que plantar uma árvore?" Zorba insistiu - "se você não vai poder vê-la carregada de frutos?" - E o velho respondeu: "Meu filho, eu vivo como se nunca fosse morrer." - A resposta levou Zorba a dar um leve sorriso e, indo embora, exclamou com uma ponta de ironia: "Que estranho! Eu vivo como se fosse morrer amanhã!"

Como membro de Alcoólicos Anônimos descobri que o Terceiro Legado é um solo fértil para plantar a árvore de minha sobriedade.. Os frutos que colho são maravilhosos: paz, segurança, entendimento e vinte e quatro horas de eterna satisfação; também, com a mente saudável para ouvir a voz de minha consciência quando, em silêncio, me diz sutilmente: "Você deve saber largar um encargo.

Há outros que precisam plantar e colher."