Reflexão do dia 25 de Julho

aqueles que ainda sofrem

Quanto a nós, se negligenciarmos aqueles que ainda sofrem, nossas próprias vidas e segurança correrão riscos inomináveis.

OS DOZE PASSOS E AS DOZE TRADIÇÕES PG. 136

Eu conheço o tormento de beber compulsivamente para acalmar meus nervos e meus medos. Também conheço a dor e o esforço para a sobriedade. Hoje eu não esqueço a pessoa desconhecida que sofre quieta, retirada e escondida no alívio desesperado da bebida. Peço ao meu Poder Superior para me dar a Sua orientação e a coragem para ter disposição de ser Seu instrumento para levar dentro de mim compaixão e ações altruístas. Que o Grupo continue a me dar a força para fazer com os outros o que não posso fazer sozinho.